GoioNEWS - O Jornal Eletrônico de Goioerê e Região

Quarta, 18 de Julho de 2018
  • :
  • :
siga-nos

Professor ensina fazer refrigerante natural, sem conservantes e aditivos, e faz sucesso em Umuarama

17/04/2018

                           Uma receita de refrigerante natural está fazendo o maior sucesso em Umuarama e agradando o paladar de quem experimenta. O criador é o professor universitário Max Emerson Rickli, conhecido por apoiar e fomentar o cultivo e o consumo de alimentos orgânicos, sem agrotóxicos em Umuarama e região. Ele é um dos idealizadores da FAISCA – Feira Agroecolócia de Inclusão Social Cultura e Artes de Umuarama.

“É uma receita de família, caseira, onde o processo é todo artesanal”, explica Max. O refrigerante não leva aditivos e nem conservantes e é gaseificado através de um processo natural.
A receita é simples. Siga o passo a passo da receita e faça você mesmo o seu refrigerante caseiro. O sabor fica incrível e a bebida é muito mais saudável do que os tradicionais industrializados.
.
INGREDIENTES
- 20 litros de água
- 2 kg de amora ou outra fruta de sua preferência (pode ser substituído pela polpa de fruta da sua preferência)
- 2 kg de açúcar
- 400 g de gengibre cortado em cubinhos.
.
MODO DE FAZER
.
Misture todos os ingredientes e deixe descansar em temperatura ambiente por três dias, mexer uma vez por dia.
Depois é só coar e envasar em garrafas pet e deixar em temperatura ambiente por 24 horas. Depois de um dia descansando as garrafas devem ir para o refrigerador. Um ou dois dias depois, o refrigerante está pronto pra beber.
.
DICA DO MAX
.
Você sabe quando está no ponto de beber quando a pressão do gás estiver muito forte.
O refrigerante pode ser preparado com frutas em natura ou polpa. (O Bem Dito).
.
VÍDEO MOSTRA COMO FAZER – ASSISTA
.

 

 

 



Leia Também



Enviar por email

Envie Professor ensina fazer refrigerante natural, sem conservantes e aditivos, e faz sucesso em Umuarama
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GoioNews.
Copyright © 2004 - 2020 GoioNews.